Macumba requintada para proteger a autoestima.

Existem verdadeiras legiões de inimigos da autoestima alheia. Por uma razão muito simples: a maioria detesta ver alguém na boa, feliz, lá em cima. Porque a maioria é invejosa, recalcada, frustrada.
Quando você sentir que as palavras de um rato desses são verdadeiros dardos venosos arremessados contra a sua autoestima, imediatamente imagine uma parede de vidro entre você e esse cretino. Imagine que as palavras deletérias, emitidas pelo rato, batem no escudo de vidro e ricocheteiam em direção a ele, entrando pelos ouvidos, nariz e boca do dito cujo.
Segundo os anais das macumbas mais requintadas, criar um escudo de vidro imaginário é uma das melhores maneiras de se defender dessas ratazanas vampiras, cujas palavras malditas são capazes de secar até mesmo as mais fortes e rubras pimenteiras.