João de Deus: coisa de louco !

Nas últimas horas subiu para 200 o número de mulheres que procuraram o Ministério Público para denunciar abusos sexuais que teriam sido praticados por João de Deus, o curandeiro de Abadiânia. Uma delas, de 28 anos, disse que João abusou dela quatro vezes e que também a teria obrigado a masturbá-lo enquanto rezava um Pai Nosso. Coisa de louco !